Ronaldo Caiado já tem apoio de quase metade dos deputados eleitos para a Assembleia Legislativa.

Do total, 19 declararam apoio ao próximo governo, 8 oposição e 6 situação independente. Outros 6 ainda não se decidiram e 2 não foram localizados.

Por Paula Resende, G1 GO

Nova composição da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás deve tomar posse em 1º de fevereiro — Foto: Vanessa Chaves/G1

O novo governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), já tem o apoio de quase metade dos deputados que vão integrar a Assembleia Legislativa de Goiás a partir de 2019. Levantamento do G1 aponta que 19 dos 41 eleitos já declararam apoio ao político, 8 oposição e 6 situação neutra. Outros 6 ainda não se decidiram.


A reportagem não conseguiu contato com Paulo Cezar Martins (MDB) e Charles Bento (PRTB) . No entanto, o MDB informou que ainda não decidiu a linha de atuação no próximo mandato. Já o PRTB integra a coligação que elegeu Caiado.


Eleito no primeiro turno, Caiado recebeu 1.773.185 votos, o que corresponde a 59,73% do total de votos nas eleições de 2018. O vice dele é o deputado estadual Lincoln Tejota, do PROS.


Caiado concorreu pela “Coligação A Mudança é Agora”, composta por 12 partidos: DEM, Democracia Cristã, Podemos, PMN, PMB, PRP, PRTB, PSC, PSL, PTC, PROS e PDT.

Ronaldo Caiado (DEM) é eleito governador de Goiás no 1º turno das eleições 2018 — Foto: Vanessa Martins/G1

Na nova composição do Plenário, os partidos com mais cadeiras são o PSDB, com seis, e o DEM, com quatro. Depois vêm MDB e PROS empatados em dois. Já PRP, PSD, PT, PSL, PRB, Solidariedade e PRTB têm duas cadeiras cada. Por fim, tiveram uma cadeia PPS, PTC, PSB, PSC, PV, PTB, PDT, PATRI e PP.


A assessoria da atual presidência da Casa afirmou que a posse está prevista para 1º de fevereiro de 2019. Para serem aprovados, projetos de lei complementar e de resolução precisam ter maioria simples, ou seja, votos de 2/3 dos deputados. Já projetos de emenda constitucional necessitam da maioria absoluta do Plenário, o equivalente a 3/5 dos votos. Em relação a vetos de projetos do governo é preciso de 21 votos favoravéis à rejeição da medida.


Confira a posição dos deputados eleitos:

Base aliada:

  • Henrique Cesar (PSC)

  • Major Araujo (PRP)

  • Chico Kgl (DEM)

  • Dr. Antônio (DEM)

  • Claudio Meirelles (PTC)

  • Rubens Marques (PROS)

  • Delegado Humberto Teófilo (PSL)

  • Iso Moreira (DEM)

  • Amauri Ribeiro (PRP)

  • Alvaro Guimaraes (DEM)

  • Rafael Gouveia (DC)

  • Zé Carapô (DC)

  • Cairo Salim (PROS)

  • Paulo Trabalho (PSL)

  • Karlos Cabral (PDT)

  • Bruno Peixoto (MDB)

  • Lissauer Vieira (PSB)

  • Vinicius Cirqueira (PROS)

  • Julio Pina (PRTB)

Oposição:

  • Delegada Adriana Accorsi (PT)

  • Antônio Gomide (PT)

  • Lêda Borges (PSDB)

  • Talles Barreto (PSDB)

  • Tião Caroço (PSDB)

  • Gustavo Sebba (PSDB)

  • Lucas Calil (PSD)

  • Dr. Helio de Sousa (PSDB)

Independente:

  • Amilton Filho (Solidariedade)

  • Thiago Albernaz (Solidariedade)

  • Coronel Adailton (PP)

  • Alysson Lima (PRB)

  • Diego Sorgatto (PSDB)

  • Wagner Neto (PATRI)

Ainda não definiram:

  • Jeferson Rodrigues (PRB)

  • Humberto Aidar (MDB)

  • Henrique Arantes (PTB)

  • Virmondes Cruvinel (PPS)

  • Delegado Eduardo Prado (PV)

  • Wilde Cambão (PSD)

Não foram localizados

  • Paulo Cezar Martins (MDB)

  • Charles Bento (PRTB)


Fonte e fotos: (https://g1.globo.com/go/goias/eleicoes/2018/noticia/2018/10/29/novo-governador-de-goias-ronaldo-caiado-deve-ter-apoio-de-quase-metade-dos-deputados-eleitos-da-assembleia-legislativa.ghtml)

Tiranossaurus Rex

BLOG DE ATUALIDADES

Social media influencer

  • AppIcons-01
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • Twitter ícone social
  • Google+ ícone social

© 2018 | todos os direitos reservados