Filmes independentes reinam absolutos no CURTA CANEDO 2018!

| POR CARMELITA GOMES EM 7 DE AGOSTO DE 2018



O FESTIVAL CURTA CANEDO 2018 é exclusivamente dedicado à exibição e à promoção de obras audiovisuais de curta-metragem.


O Festival exibe trabalhos finalizados em suportes digitais, com duração máxima de 20 minutos, e tem caráter competitivo e informativo.

A programação do Festival traz este ano: Mostra competitiva (com filmes goianos e nacionais), workshops, palestras e debates

As inscrições para o festival já encerraram. Tivemos 248 filmes inscritos, sendo que destes 81% são filmes independentes (sem apoio de leis de incentivo). 74,9 % são filmes nacionais e 20,6% dos inscritos são filmes realizados por cineastas goianos.


Diretores de 16 estados brasileiros inscreveram seus filmes sendo a maioria de São Paulo e do Rio de Janeiro. Teremos representantes de SP. RJ, GO, PE, BA, RS, RN, MG, CE, ES, PA, PB, AL, DF, MT e SE.


A curadoria do festival já está trabalhando a todo vapor para selecionar os melhores filmes nas seguintes categorias: MELHOR FILME, MELHOR FILME GOIANO, MELHOR DOCUMENTÁRIO, MELHOR ROTEIRO, MELHOR MONTAGEM, MELHOR DIREÇÃO DE ARTE, MELHOR FOTOGRAFIA, MELHOR DIREÇÃO, MELHOR SOM (EDIÇÃO E MIXAGEM), MELHOR FILME CURTA CANEDINHO, MENÇÃO HONROSA. A escolha da categoria MELHOR FILME JURI POPULAR se dará através de votação no dia da exibição.



Na edição deste ano contaremos com a presença da Atriz internacional Cris Lopes que nos trará para debate “O cinema pelo fim da violência a mulher”.


A atriz vive uma mulher vítima de violência doméstica no filme “Miguel” que será exibido em uma sessão especial durante o festival.



*O Festival Curta Canedo 2018 NÃO foi contemplado pelo FAC- Fundo de Arte e Cultura de Goiás, e com nenhuma outra lei de incentivo.


Por: Carmelita Gomes –  Jornal Imprensa Criativa


Curadoria do CURTA CANEDO 2018:


Aline Willik: A jornalista, cineasta e CEO da Empresa colaborativa de cinema Aitäh Filmes sediada na Estônia. Sua carreira no cinema teve uma grande acessão nos últimos três anos à frente da aitah filmes, ela já rodou neste período seis curtas metragens e um longa, e 3 destes curtas já tiveram estreia em festivais do Brasil e da Europa.






Presidente da Academia Sorocabana de Fotografia, Cinema e Vídeo. Produtor independente de cinema à frente da Mambo Produções, Cleiner atuou como oficineiro em Oficinas Culturais do Estado de SP. Diretor de 40 curtas metragens ficcionais e documentais, de seis longas documentais e mais de 30 clipes musicais, Cleiner coleciona diversos prêmios e indicações como a do Prêmio SESI-FIESP SP de 2018 com o filme Cartas da Loucura.


Itamar Borges: Produtor cultural, Presidente da ABD-GO Associação Brasileira de Documentaristas e Curtas Metragistas – GO. Trabalha em festivais de cinema desde de 2002. Atuou no Goiânia Mostra Curtas, e FestCine Goiânia- Festival de Cinema Brasileiro em Longa-metragem. Responsável pela ABD Cine Goiás, pela mostra competitiva de filmes da ABD-GO no FICA.

Tiranossaurus Rex

BLOG DE ATUALIDADES

Social media influencer

  • AppIcons-01
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • Twitter ícone social
  • Google+ ícone social

© 2018 | todos os direitos reservados