Governo de Goiás: Semad cria e reativa conselhos consultivos das unidades de conservação.

Com reestruturação realizada no início do ano, Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável passou a contar com gerência exclusiva para atender demandas e efetuar com transparência ações propostas dentro dos parques estaduais e das áreas de preservação ambiental.

Prosseguem a criação e a reativação de conselhos consultivos das unidades de conservação do Estado, uma meta cumprida dentro do planejamento feito pela Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável para 2019

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad) fechará o ano com uma importante meta cumprida dentro do planejamento feito para 2019: a criação e a reativação de conselhos consultivos das Unidades de Conservação do Estado de Goiás. 

Os conselhos consultivos têm como tarefa auxiliar o chefe das unidades de preservação na gestão e na convivência com a sociedade local e com o poder público dos municípios em seu entorno.

Ao longo dos últimos meses, a secretaria publicou editais de convocação para criar conselhos gestores dos parques estaduais Telma Ortegal (PETO, que abriga os resíduos do césio-137, em Abadiânia) e de Paraúna (PEPa), além das Áreas de Preservação Ambiental (APAs) da Serra da Jiboia (Palmeiras de Goiás e Nazário), da Serra das Galés e da Portaria (Paraúna). Todos realizaram reuniões nas unidades e aguardam edital de criação e composição.


O Parque Estadual da Mata Atlântica, em Água Limpa, e a APA dos Pirineus, entre Cocalzinho de Goiás, Corumbá de Goiás e Pirenópolis, estão com reuniões de criação agendadas ainda para este ano. 


Tiveram seus conselhos reativados por meio dos esforços da Semad os parque estaduais da Serra de Caldas Novas (PESCAN), que já contou com duas reuniões da nova gestão, de Terra Ronca (PETeR), que realizou reuniões no fim de novembro, e dos Pirineus (PEP), que deve iniciar janeiro com reuniões para apresentação de planejamento. Nesta terça-feira (10/12), foi realizada reunião do conselho da APA do Pouso Alto, no município de Cavalcante.


Segundo a secretária Andréa Vulcanis, os conselhos consultivos são valiosos espaços de gestão compartilhada das unidades de conservação e o objetivo da Semad é ampliá-los. “Queremos estes espaços cada vez mais construtivos e frequentes”, afirma. 

“As unidades de conservação são patrimônio do povo goiano e os conselhos são o espaço para que a sociedade participe das decisões para gestão destes locais”, destaca a secretária. 


Para que as decisões e demandas dos conselhos tenham efeito prático no cotidiano das comunidades, a Semad realizou uma reestruturação administrativa para abrigar e atender os grupos. “Atualmente, há uma gerência específica para garantir a execução eficiente das demandas dos conselhos e garantir a transparência e participação social para cuidar das nossas unidades de conservação”, conclui Andréa Vulcanis.

Tiranossaurus Rex

BLOG DE ATUALIDADES

Social media influencer

  • AppIcons-01
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • Twitter ícone social
  • Google+ ícone social

© 2018 | todos os direitos reservados