Martim Cererê recebe 10° Festival Sons de Beco.

Evento multicultural terá artistas do rock ao rap e música eletrônica

Serão realizados nos próximos sábado e domingo (19 e 20), o Festival Sons de Beco décima edição, no Martim Cererê em Goiânia. Na programação terá artistas de diversos estilos, dentre eles, Rock, Metal, Rap e música eletrônica. A organização buscou atrações consagradas em seus segmentos a nível nacional e também apostas de novos artistas com potencial para alçar grandes voos.


A banda de Senador Canedo Two Wolves é uma das principais atrações. O grupo está entre os goianos mais ouvidos no Spotify. No começo do ano lançou o clipe da música Wasting Time, que fez parte da programação do canal Multishow.


O Half Bridge é outra banda a participar do evento. O quinteto goiano é um dos principais nomes do Deathcore brasileiro. O grupo já tocou em diversos festivais na região Centro Oeste, Sudeste e Norte do Brasil, e coleciona seguidores pela America Latina e Ásia por conta da sua participação no Game Guitar Flash. O quinteto acaba de lançar seu segundo trabalho, intitulado “Entre o Inferno e a Utopia”.

Há 12 anos na estrada que leva à subversão, quatro discos de estúdio e uma cornucópia de experiências musicais, o power trio formado pelos primos Bruno e Evandro Galo e o multi instrumentista Rodolpho Gomes mergulha numa viagem no tempo-espaço e faz de cada show uma experiência complexa e cheia de músicas ácidas, enérgicas, engajadas e que exploram o melhor da mistura entre o rock clássico, a música psicodélica, o blues, hard rock, música regional e o que mais possa quebrar qualquer paradigma e trazer uma rica experiência musical.


Um dos principais nomes da música eletrônica, o Dj Kobot também fará parte do festival e hoje tem uma carreira sólida e já se apresentou nas maiores festas e festivais do Brasil como: Universo Paralello, Adhana Festival, Progressive, Hommega 20 anos, Festival Mundo De Oz, Samsara Festival, Respect Festival, Soulvision Festival, Shivanerris, E-trip entre outros.


Vindos de Taguatinga-DF, a Never Look Back Já realizou diversos shows fora do país, e antes de partir para sua turnê na América Latina, irá deliciar os fãs de som pesado de Goiânia com sua música.


A Cherry Devil é uma banda de Stoner Metal formada em 2011, e desde então, vem trazendo para o público um som original e de qualidade que faz uma legião de fãs por onde tocam. A banda lançou o EP Lions, Spirits and Dragons ainda na mesma época , o mesmo está disponível no soundcloud e está em processo de lançamento de novos trabalhos. A banda já se apresentou em festivais de grande porte como por exemplo o Bananada em 2013, onde produzimos e gravamos o clipe de nossa música ''Awaked", dentre outros.


B One Eye é um rapper nascido no Haiti, e suas canções falam sobre o cotidiano. Suas canções tem forte influência de reggae, rock, kompa, dentre outros.


A Família Liga Os Monstros passou por diversas fases desde 2010 com os grupos Boca Seca (Fabones) e Ápice (Leon) seguem rimando e reafirmando o rap goiano, passando por grandes festivais como; Festival Fica, Festival All Tribes, Cerrado Mix, Blunnt, Vaca Amarela, Grito Rock, Por Do Sol, Goiânia Noise, Favela Vive, Festival Rapense entre outros, mas também se apresentando em praças, batalhas de freestyle, escolas, clinicas e presídios e ate em becos e vielas da cidade.


Promessas novas da música Goiana

Dentre as apostas do Sons de Beco, tem a DJ Amann, de Psytrance. Transita com sabedoria o Full on e leva o Groove nacional em seus sets. Seus baixos são corridos, com muitas variações de tons. São caracterizados por sintetizadores ao extremo e por uma grande oscilação entre momentos de euforia total e melodias bem trabalhadas É sem dúvida um som que tem um apelo dançante, extrovertido e convidativo à expressão corporal da dança.


Outro artista novo que a organização acredita é o DJ LiCo, músico desde criança seu amor pela carreira de artista começou aos 6 anos de idade, Lincoln já desenvolveu diversos projetos como intérprete, vocalista, compositor e também instrumentista. Uma forte característica em seu som é a psicodelia e a pegada minimalista presentes no sim te fazendo entrar em outro universo de sensações e sonoridades, Bass bem marcantes casados com kick proporcionando sonoridades de transe e libertação terapêuticas através da música levando a pista a sensações e experiências únicas através da música.


Foi com a reunião de músicos solitários e de influências distintas no ano de 2016, que nasceu em Goiânia a banda Coyote Shades, vindo ao cenário com um único objetivo: fazer músicas autorais com vocal característico do stoner rock somado a riffs de guitarra influenciados pelo blues e hard rock. Após um longo período criativo, a Coyote Shades iniciou seus shows em 2017.


A Programação também contará com os grupos União Clandestina, The Galo Power, Yut Pira Pura (PR). Ressonância Mórfica. Os Djs Acid Lexx, Logan, Lu Santos, Lucas Curado, Tech Soul, Psychollady, Jiraya, Constrictor e S.O.S também irão agitar a pista..

Sobre o Sons de Beco


Nascido nos becos e do movimento underground, o Sons de Beco chega a sua décima edição cada vez mais promovendo a diversidade.


A ideia central do Festival Sons de Beco é viabilizar o acesso e a difusão de produções culturais entre os participantes e aumentar o intercâmbio e conhecimento dos envolvidos: Pessoas que desejam se encontrar para celebrar a vida, as artes e cultivar novos contatos e amigos para desenvolver outros projetos culturais, profissionais e pessoais. Essas das quais são bem vindas..


Com o crescimento deste movimento, buscamos inovar mais uma vez e para essa edição vamos fundir a música orgânica e a música digital em um só lugar trazendo bandas, Grupos de MCs e DJs para celebrar a música em alto estilo e bom tom! Iremos agregar novos núcleos!


O Festival Sons de Beco prega pelo não preconceito a música, e em sua programação terá diversos estilos, do rock clássico ao trap, do metal a música eletrônica. Queremos oferecer uma experiência diferente do comum, uma verdadeira inserção multicultural.


O festival objetiva a visibilidade do fazer cultural dos coletivos e artistas que se encontram fora da mídia e dos espaços formais da Alta Produção cultural, apresentando uma visão crítica e ao mesmo tempo sensível.


A iniciativa do evento partiu dos produtores Lincoln Freire e Eduardo Batista, que se juntaram a Heber Goulart, Amanda Lessa e Pedro Jordan.


Desde então, o Sons de Beco tem trago aos seus palcos diversos artistas autorais do meio musical underground goiano e de outros estados, sendo importante evento no calendário cultural goianiense. O festival no início acontecia nos Becos do Centro da Capital, daí vem o nome, mas com seu crescimento, mudou de local o local, passando pelo Grande Hotel, Estacionamento do Mutirama e agora em 2019 será no Martim Cererê.



Evento: 10° Festival Sons de Beco
Local: Centro Cultural Martim Cererê
Dias: 19 e 20 de outubro de 2019


Atrações sons de beco 2019


Sábado - dia 19/10

Abertura dos portões: 16:00


Palco Yguá

(Bandas e MCs)


20:00 - Coyote shades (Stoner blues)

21:00 - União clandestina (Rap Rock)

22:00 - Two wolves (Indie Rock)

23:00 - Half Bridge (Deathcore)

00:00 - B one Eye (Hip hop Ragga) Haiti

01:00 - Never look back (Hardcore)


Palco Pyguá

(DJs)


20h - Olinc (Minimal techno)

21h - Lu Santos (Prog)

22h - Acid Lexx (Prog)

23h - Amann (Psytrance)

00h - Kobot (full on)

01 h - Logan (Psytrance)


———————————————


Domingo - dia 20/10

Abertura dos portões: 15:00


Palco Yguá

(Bandas e MCs)


19:00 Liga os monstros (Rap reggae)

20:00 The galo power (Rock Psicodelico)

21:00 Yut pira pura (Rap) PR

22:00 Cherry devil (Stoner metal)

23:00 Ressonância Mórfica (Death Grind)


Palco Pyguá

(DJs)


18h - Lucas Curado (Techno)

19h - Tech Soul (Tech Chill)

20h - Psychollady (Prog)

21h - Jiraya (Prog)

22h - Constrictor (Prog)

23h - S.O.S (Dark Prog)

Tiranossaurus Rex

BLOG DE ATUALIDADES

Social media influencer

  • AppIcons-01
  • Facebook ícone social
  • Instagram ícone social
  • Twitter ícone social
  • Google+ ícone social

© 2018 | todos os direitos reservados